BELEZA

Pele de boneca – Conheça a técnica de Microgulhamento

Você provavelmente já ouviu falar sobre a técnica de microagulhamento que estimula o colágeno da pele e atenua sinais de envelhecimento. Atualmente, ela é realizada com o auxílio de um equipamento chamado Roller, que tem cerca de 200 agulhas. Conversamos com a esteticista Sabrine Eich, daqui de Florianópolis, para entender tudo sobre a técnica. Confere!

No que constitui a técnica do Microagulhamento?
O microagulhamento, também conhecido como Terapia de Indução de Colágeno (TIC) é uma técnica aplicada no tratamento de cicatrizes e no rejuvenescimento facial, que se baseia na capacidade da pele de reparar-se ao sofrer algum dano físico. Alguns estudos indicam também está técnica para tratamento de melasma e melanose solar.
Podemos associar cosméticos de alta perfomance ao microagulhamento como: fator de crescimento, colágeno, DMAE e ácido hialurônico.

Quais as principais indicações?

Tratamento de cicatriz de acne, estrias,  poros,rejuvenescimento, melasma e melanose solar.

Qual a ação desta técnica?

A técnica consiste na perfuração da pele por várias vezes, através de pequenas agulhas. Estas pequenas lesões são causadas usando um cilindro giratório cravejado com, no máximo, 200 agulhas finas, as quais podem ter diferentes comprimentos, variando de 0,50mm até 3,00mm. O diâmetro destas agulhas é de 0,20mm na base e 0,07mm na ponta.

Como é feita a aplicação e qual o benefício para a pele?

A aplicação é indicada com intervalo de 15 a 20 dias, para obter um resultado satisfatório é indicado uma avaliação facial antes de realizar o procedimento, assim o profissional poderá incluir sessões de peeling antes do microagulhamento para deixar a pele mais espessa e potencializar o procedimento posteriormente. Os benefícios são vários, dentro deles podemos destacar uma pele mai iluminada, com aspecto saudável, diminuição das linhas de expressão, estimulação de colágeno e elastina, clareamento da face e excelente para tratar estrias albas.

Qual a diferença da técnica laser?

O laser tem várias formas, laser de baixa potência, média e alta. Os ácidos e laser promovem a cicatrização destruindo a epiderme para então lesionar a derme e estimular a formação de um tecido novo, o microagulhamento cria milhares de microperfurações na epiderme, de forma que os poros das camadas superiores da pele são separadas sem danificar a epiderme, e assim atingem a derme, promovendo a regeneração tecidual.

Quais os cuidados que devem ser tomados?

Devemos ter cautela quanto ao uso de ácidos após o microagulhamento, alguns ácidos são queratolíticos e podem causar queimaduras, por isso é extremamente importante fazer uma avaliação antes para que o profissional esclareça esses pontos. Muitas pacientes fazem uso de ácidos em casa por orientação de dermatologista, neste caso durante a aplicação do microagulhamento não é indicado. Indicamos durante o tratamento usar produtos com fator de crescimento, colágeno e elastina e claro o uso de bloqueador solar sem pigmento.

Em quanto tempo dá para perceber os resultados?

Na primeira sessão.

Existem contraindicações? Quais?

Sim existem contraindicações, pacientes com rosácea tem que ter cautela, pacientes com probabilidade de desenvolver quelóide, pacientes que fazem uso de anticoagulantes ou que possuam alguma deficiência de coagulação, pacientes com processo inflamatório ou com imunidade baixa, acnes ou herpes ativas, melanoma, diabéticos e quem apresenta muita sensibilidade a dor.

 

Um espaço de Estética completo, com os melhores e mais novos produtos do mercado. A empresa constituída em 2010 tem o objetivo de aliar técnicas manuais a eletroterapia. 

Rua general Liberato Bitencourt, 1885 – sala 605 Centro Executivo Imperatriz – Florianópolis.  Agendamentos em (48) 3733-7135

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply